AS MELHORES UNIVERSIDADES DO MUNDO 2024

Pretende estudar em alguma destas universidades? CCCTRAD presta serviços de acompanhamento  & tradução, assistência a consultas & alojamento

Massachusetts Institute of Technology (MIT)

Cambridge, United States

University of Cambridge

Cambridge, United Kingdom

University of Oxford

Oxford, United Kingdom

Harvard University

Cambridge, United States

Stanford University

Stanford, United States

Imperial College London

London, United Kingdom

ETH Zurich

Zürich, Switzerland

National University of Singapore (NUS)

Singapore, Singapore

UCL

London, United Kingdom

University of California, Berkeley (UCB)

Berkeley, United States

Mal-entendido deixa estudantes e Instituto de Bolsas desavindos

MAL-ENTENDIDO entre estudantes que se candidataram à Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) e o Instituto de Bolsas de Estudo, Instituto Público (IBE,IP) desencadeou tensão na manhã de ontem.

O facto surgiu  quando os candidatos a vagas, que deveriam ter deixado o país a 15 de Janeiro último, souberam, três diasantes, que a sua admissão para o Brasil contemplava apenas a vaga e não se tratava de bolsa de estudo como tinhamentendido.

Assim sendo, os candidatos seriam obrigados a efectuar o pagamento do bilhete de passagem de ida e uma vez já emterritório brasileiro deveriam ter meios para garantir a sua permanência. 

A directora-geral do IBE, IP, Carla Caomba, explicou que pelo facto de a vaga ter sido divulgada no site do IBE, os estudantes confundiram o edital de candidatura de admissão aos diferentes cursos ministrados pela universidade com aatribuição da bolsa de estudo.“Os 39 estudantes apurados foram directamente seleccionados pela UNILAB, que esteve à frente de todo o processo, e o nosso envolvimento na divulgação do edital fez com que os estudantes pensassem que se tratava de uma bolsa por nós atribuída”, sublinhou.Caomba afirmou também que, devido à actual conjuntura económica do país, o IBE não está em condições de atribuir bolsa de estudo para este tipo de vagas, razão pela qual não emitiu nenhuma comunicação relacionada com a concessão de bolsas para esta janela, especificamente.

Bolsas de Estudo na Embaixada de Portugal em Maputo

Encontra-se aberto, de 27 de fevereiro a 18 de março de 2024, o processo de admissão de candidatos a 8 (oito) novas bolsas de estudo a conceder pelo Estado Português a cidadãos moçambicanos para a frequência de cursos de Licenciatura (6) e de Mestrado (2) em Moçambique para o ano letivo 2024.

Edital-Bolsas-Internas-2024-versão-final.

Para a formalização da candidatura é necessária a apresentação dos seguintes documentos:

1. Requerimento autenticado dirigido à Diretora Geral do Instituto de Bolsas de Estudo, Instituto Público (IBE, IP);

2. Cópia (devidamente reconhecida) do documento de identificação válido do candidato;

3. Certificado de Habilitações:

3.1. Licenciatura: certificado de habilitações da 12ª classe com discriminação das disciplinas, respetivasclassificações e média para novos ingressos, e, para estudantes no 2º ano e seguintes, declaração de notas do ano anterior a que frequenta;

3.2. Mestrado: certificado de habilitações de Licenciatura com discriminação das disciplinas,classificações e média;

4. Certificado de Matrícula:

4.1. Licenciatura: certificado de matrícula referente ao ano letivo a que o pedido de bolsa se reporta, com indicação do ano e disciplinas inscritas;

4.2. Mestrado: certificado de matrícula no respetivo curso para os candidatos que iniciaram a formação em 2024, com indicação das disciplinas inscritas

5. Comprovativo de situação económica carenciada;

6. Formulário de candidatura devidamente preenchido e declaração de compromisso devidamente assinada pelo próprio (disponível na página do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua: www.instituto-camoes.pt). E na página do IBE, IP: ibe.gov.mz